Por que Amamos Lupita Nyong’o

Se ano passado eu elegi Sonam Kapoor como minha super musa dos Red Carpets, esse ano não tem pra ninguém. Lupita Nyong’o conquistou meu coração muito antes do Oscar e eu nem escondi. Falamos dela mil vezes aqui no MTDF (começando por esse post muso do Pivo).

Por isso, ao invés de comentar mil looks do Oscar, resolvi falar só da Lupita mesmo. Até porque, eu ainda não consegui ver a cerimônia – passei o Carnaval no ‘meio do nada’ com amigos, hehe – mas morri de feliz com a vitória da moça. Parecia que ela era uma amiga querida, hahaha, e fiquei colada no Iphone até alguém me avisar que ela tinha mesmo ganhado! o/

Mas tudo isso tem uma razão extra: quem lê o blog há tempos sabe que eu sou super partidária da beleza negra e vivo dizendo que precisamos falar mais disso, pensar mais sobre isso. Há uns dias eu tava super chateada porque uma amiga resolveu alisar o cabelo da filha pequena. Ela tinha um black power naturalmente ma-ra-vi-lho-so, mas, de tanto ser zoada no colégio, a mãe resolveu deixar a menina (super criança!) ficar com os fios lisos. Não estamos aqui pra julgar ninguém, mas fico muito feliz, ideologicamente, que a it girl do momento, a super gata hollywoodiana, a mais falada do dia, da semana, do mês, seja uma mulher LINDA e NEGRA. É uma vitória, gente. Tá certo, Hollywood só abraça uma negra por vez, mas hoje é dia de comemorar! É dia de pensar que há, hoje, uma super gata referência de beleza pra todas as meninas negras que ficavam na frente da tv sofrendo por não serem Cate Blanchett ou Diane Kruger.

Passada a fase ideológica, vamos analisar porque ela tombou todo mundo na escolha do look para o Oscar 2014. Primeiro o vestido: um Prada, feito pra ela, em um georgette de seda azul claro, plissado, com um mega decote em V, alças largas e corte baixos na lateral. Cintura marcada e saia compriiiida. Quando vi no Instagram a foto do vestido quis sair pela rua gritando ‘Gênia!’. Porque só mesmo uma gênia pra acertar tão bem!

por que amamos lupita 1

Ela, super inteligente, escolheu um modelo clássico, embelezador, de princesa. É preciso lembrar, gente, que as ganhadoras do Oscar sempre serão lembradas pelo momento em que ganharam a estatueta, no palco. Daqui a 100 anos as pessoas olharão Anne Hathaway em 2013 e vão rir, olharão Lupita e haverá uma salva de palmas. O vestido, além de lindo, é atemporal. De uma marca clássica, feita em um shape que é eternamente lindo. Lupita foi vestida de princesa, a primeira princesa negra da Disney. Aliás, quando vai ser lançada a boneca? <3

E a grande ironia é que Anne Hathaway em 2013 também foi de Prada, o que era pra ser um super acerto… virou um mico. Cor, modelo e farol acesso não favorecerem nadinha o shape da gata. E, que fique claro, eu adoro o vestido rosinha também, mas acho que não era a melhor escolha pra entrar pra história, hehe.

por que amamos lupita 3Ainda no tema do vestido, JLaw bem que tentou imitar o truque do cordão virado pra trás – ela achou que ia dar sorte, haha – mas não. Imitar styling sempre dá azar! 😛 E não há mais quem aguente a monotonia Dior da moça. Dá pra variar, não?!

por que amamos lupita 4

Na beleza, Lupita acertou de novo: Brincos grandes, que valorizam o cabelo super curto-topetinho-quase-raspado (que, particularmente, amo demais!). Make super embelezador: peles super bem feita, poucas cores, clássico, boca um pouco mais coradinha e olho um pouquinho destacado com cílios perfeitos. Mas, o crème de la crème ficou mesmo foi com a tiara no cabelo! Lupita foi vestida de princesa, conscientemente, e realeza que se preze tem adereço de cabelo. <3

E aí? Tá explicado por que nós amamos a Lupita?! :))

Comente no facebook

comentários