Voltando ao Trabalho

E ontem eu voltei, oficialmente, a trabalhar fora. Miguel tem 3 meses e essa foi uma decisão (um misto de necessidade com vontade) que eu tinha tomado no início de janeiro e fiquei feliz de conseguir colocar em prática até o final do mês.

É claaaaaro que pra mim é muito mais fácil que pra maioria das mulheres: eu sou consultora de estilo, sou minha chefe, posso aceitar poucas clientes por mês e faço meus horários. Mas, mesmo assim, é preciso sair de casa, ficar longe do pequeno, me organizar e sobretudo: trabalhar também de casa!

Tudo isso pra dizer que ser mãe é viver entre a cruz e a espada! Puta merda, hahaha. Eu sooooooofro de voltar a trabalhar, de ficar longe do Miguel, mesmo sabendo que ele fica bem, que eu volto a tempo da próxima mamada e que eu não estou deixando ele de lado, sozinho ou sequer protelado. Por outro lado, eu amo meu trabalho, me faz um bem danado, eu adoro as minha clientes, adoro ver gente, pensar em roupa, consumo consciente, pensar como eu posso fazer o guarda roupa daquela pessoa ficar sensacional para ela, para a vida dela. Saio com o coração na mão e volto mega feliz e cheia de vida.

Respeito e admiro (de verdade!) quem opta por parar de trabalhar e ficar em casa, até porque, se eu tivesse que sair de casa as 8h e voltar só as 18h eu certamente pensaria em parar de trabalhar. Imagina ver meu filhote só um pouco de manhã e um pouco a noite? Morreria! Então fico super feliz que o meu trabalho é diferente e que eu consigo conciliar tudo, trabalhar menos, enfim, ser a antiga Thais + a nova Thais, tudo junto! Hahaha. Por outro lado, eu não consigo imaginar ficar sem trabalhar fora, só pensar em Miguel o dia todo, não ver gente diferente… acho até que sou melhor mãe quando fico 2 horas longe do Miguel, volto cheia de saudade, de paciência, de idéias de brincadeiras. Me faz super bem!

Como funciona minha rotina ultimamente: eu me permito uma atividade fora de casa, sem o Miguel, por dia. Ontem eu acordei as 7h com o Miguel, amamentei, preparei o material de Consultoria, amamentei de novo antes de sair, encontrei com uma cliente de 11h as 12h30, depois voltei pra casa e fiquei com o Miguel o dia inteirinho, sozinha. Dou banho, troco todas as fraldas, passei no Ergobaby/Sling/carrinho, coloco pra dormir em todas as sonecas, amamento e brinco muito com ele. Ele costuma dormir as 20h até o dia seguinte (com uma acordada na madrugada pra mamar). Eu durmo as 22h30 e, nesse intervalo, fico com o marido, janto, vejo alguma série, trabalho, tomo banho, respiro…. hahaha. Em algum momento eu preciso ainda escrever pros blogs, ir pra academia, fazer supermercado e atualizar o instagram. Juro por deus que não sei como vou dar conta de fazer tudo, mas darei um jeito! Aliás, a idéia é colocar o Miguel na creche quando ele fizer um ano, até lá é só mamãe. <3

Por enquanto tenho aceitado apenas uma cliente por mês, pra não ter correria nem aqui em casa e nem com a cliente que precisa ter 100% de mim. Mas, olha, tô feliz, viu? Bom demais ter um pouquinho de vida além maternidade, tô me sentindo menos monotemática, hahaha.

voltando ao trabalhoamamentando antes de sair, logo que voltei, brincando no espelho (ele aaaaama!) e passeio de ergo baby <3

Comente no facebook

comentários