Maquiagem Para Quem Não Gosta de Maquiagem

Fiquei pensando muito sobre esse tema, porque vivem me pedindo dicas de maquiagem pra quem não curte se maquiar. Pensei, pensei, pensei e só cheguei a uma conclusão: não gosta de maquiagem? Não use. Simples assim.

Algumas pessoas dirão que são obrigadas a usar por causa do trabalho. Será que são mesmo? Vamos pensar direitinho? A não ser que você trabalhe na MAC, hahaha, eu acho praticamente impossível uma empresa te obrigar a usar maquiagem. O que eles vão alegar? Boa aparência? Esse argumento só é válido se os homens forem obrigados a usar maquiagem também – ou mulher fica feia sem maquiagem mas homem fica bonito? Não, não pode.  Se a sua empresa diz isso, pode processar, você ganha. 😉

Mas, bom, deixando a minha militância feminista um pouco de lado, vou voltar pra maquiagem. Eu, que a-m-o maquiagem, que sou alucinada por base/batom/rímel e tudo mais que eu puder colocar na cara, quase não acredito que haja alguém no mundo que deteste maquiagem. Mas tem. E tudo bem. Não gosta, não usa. Há muitos jeitos de parecer arrumada e bem cuidada [que é, afinal, uma das grandes finalidade da maquiagem pra quem não curte!], sem usar make nenhum.

Vou dar três sugestões, mas acho que quem não usa maquiagem já vai saber melhor que eu como resolver esse dilema:

• Cabelo bem tratado e arrumado.

Bom, se não vai usar maquiagem é bom caprichar no cabelo, né? Cabelo desgrenhado só fica cool com boca vermelha, sem make nenhum é só desgrenhado, mesmo. Portanto, é bom dar uma caprichada… fazer um penteado legal, usar um lenço bonito, manter os fios bem hidratados, saudáveis, tudo isso já ajuda muito! É bom lembrar que o cabelo é a moldura do nosso rosto, ou seja, faz toda a diferença!

• Pele cuidada

Mesma coisa pra pele! Já que ela não vai ficar escondida embaixo de uma base e nem vamos usar corretivo pra disfarçar olheiras e espinhas, vale ter ainda mais carinho com a sua pele. Invista em bons tratamentos, filtro solar e em uma boa dermatologista, hehehe. Ah!!! Aqui vale lembrar dos lábios: não é porque odeia maquiagem que precisa ficar com a boca toda esfolada de frio! Protetor labial/Lip Balm não é maquiagem, é cuidado, tá?

• Cuidados com a parte de cima

Como o rosto vai ficar sem nenhuma cor extra (batom, blush, sombra…), vale colocar na parte de cima do corpo (troco/braços/colo) um pouquinho de cor. Essa é a cor que vai refletir no seu rosto e fazer a grande diferença. Mas, como escolher quais cores usar? Vale pensar no seu tipo de beleza, por exemplo: se você é uma pessoa de beleza naturalmente mais viva e colorida (sobrancelha marcada, boca naturalmente vermelhinha, por exemplo), pode usar cores mais vivas e coloridas. Se você é mais opaca em tons pastel (tipo eu!), vale usar a mesma cartela pra escolher as cores que você irá usar perto do rosto. E, se ficar super na dúvida, vale contratar um serviço de análise de coloração pessoal. 😉

Pra provar que é possível, sim, viver sem maquiagem em qualquer universo, eu vou trazer o melhor exemplo de todos: Leandra Medine – do Man Repeller. Ela já fez até um texto sobre isso, tá aqui (e olha que engraçado, fui olhar agora e o texto foi publicado no dia do meu aniversário. adoro coincidências, haha). Se ela, que trabalha com moda, vive em fashion weeks pelo mundo, já foi até pra Cannes (red carpet!) sem maquiagem… você também pode. 🙂

Trechinho livremente traduzido!

“O mais importante, no entanto, é que eu me sinto confortável na minha própria pele. Eu não detesto o que vejo no espelho. Ainda que legiões de outras pessoas não concordem comigo. Aceito o reflexo que pisca de volta pra mim com todas as suas falhas e pontos positivos. Entendo perfeitamente que tenho olheiras intensas debaixo dos olhos.

Aprendi a apreciá-las. Notei que meu nariz vem fincando mais adunco a cada mês que passa. E tudo bem. Sei que as rugas que começam a invadir minha testa uma hora vão se instalar lá como moradoras permanentes. Meu pai tem rugas assim e elas me enchem de ternura.

Meus olhos nunca serão azuis, minha estrutura óssea jamais permitirá que você me confunda com uma modelo escandinava. Eu sou o que eu sou, mesmo que isso implique ser feia eu acho isso, sei lá, bonito.”

leandra medine

Comente no facebook

comentários