Sobre Sandália

Não sei dizer direito porque, mas nunca fui fã de sandália. Passei verões inteiros sem usar nenhuma sandália ou usando só quando não tinha outro jeito. Antes que vocês pensem que eu tenho vergonha dos meus pés eu já adianto que não, não tenho. Acho eles ótimos, inclusive. Ficam em pé, me levam pra cima e pra baixo e tem lá o seu charme. 😉

Fato é que sempre achei sandália um sapato muito dos feios e sem charme. Coisa mais sem personalidade, eu pensava. Aliás, com personalidade do verão, com personalidade das pessoas solares e divertidas. Não sou solar, não sou do verão. Gosto de inverno, de jaqueta de couro, de bota, de frio! Até que descobri que sandálias de amarrar no tornozelo me representavam. É quase um ‘cano alto’ do verão, né? É quase uma botinha com dedos de fora! E foi assim que cheguei nas gladiadoras!

Coisa maravilhosa é o peso e a personalidade que tem uma sandália gladiadora. Não, eu não amarro as minhas até o joelho – e nada contra quem faz, só não é o meu estilo, thais, pessoa física. Gosto de amarrar tudo juntinho na canela, acho mais discreto mas ainda charmoso. Mas eu gosto muito também das gladiadoras que são de fecho e já vem estruturadas e mais altinhas, tipo essa minha:

sandáliasandália riachuelo, comprada recentemente — faz uma vibe ‘cano alto’, não faz?

Pra mim tá resolvido, vou comprar um monte de gladiadora nesse verão e torcer pra sair logo ~de moda~ pra eu poder as minhas sandálias em paz, sendo ‘meio esquisista, meio charmosa’.

Me conta aí? Cê curte sandália? Pra acompanhar o desafio da semana (que nessa semana é look pra faculdade e armário cápsula) vale me seguir lá no instagram: @thaisfarage.

Comente no facebook

comentários