Gravidez e os Cuidados com a Pele – Com Dra. Camila Vasconcelos

Quem acompanha o blog desde o inicinho sabe que eu tenho/tive uma dermatologista carioca que adoro: a Dra. Camila Vasconcelos. Foi com ela que minha pele melhorou mesmo e, desde que me mudei pra SP, nunca mais me entendi com outra médica. E, olha, já fui em muuuitas, inclusive nas milionárias-famosas. Haha. Mas eu realmente acho que pra gente se apegar ao médico, de qualquer especialidade, é preciso empatia e confiança… e, pra mim, é ainda super mais difícil encontrar uma dermatologista que eu confie porque eu leio MUITO sobre o assunto. Não, isso não quer dizer que eu saiba ou vá algum dia vá saber mais que um médico, jamais! Mas significa que eu também não topo qualquer bobagem que me dizem e que eu não curto médico que não se atualiza. E mais! No mundo dos dermocosméticos eu já usei, praticamente, tudo industrializado que existe. Resumindo: sou uma cliente super exigente!

Como já indiquei a Dra. Camila pra muuuita leitora, como muuuitos amigos já foram se consultar com ela e todo mundo amou, eu pedi pra ela responder aqui pra gente algumas dúvidas super comuns sobre gravidez e os cuidados com a pele. Tem muita dúvida, muito mito, muito mal entendido e eu mesma procurei um post que reunisse todas as informações e nunca achei. Portanto, se você tem alguma amiga grávida e/ou planejando engravidar, pode mandar esse post pra ela porque ele vai ajudar muito, garanto!

cuidados com a pela na gravidezEssa imagem é antiga e só to usando pra ilustrar, tá? Não saiam usando o que tem na foto, peloamor!!!

Vamos lá!

MTDF – É verdade que, durante a gravidez, temos mais chances de desenvolver manchas causadas pelo sol, né? Por outro lados, os médicos costumam mandar as futuras mamães tomarem sol no seio para preparar para a amamentação. Como seguir essa recomendação sem castigar a pele do colo e seio – que costuma ser super fininha e delicada? Filtro solar é suficiente?

Sim, é verdade.  Durante a gravidez existem maiores chances de hipercromias, isso porque existe um estímulo do hormônio melanotrófico que atua liberando mais melanina. Há, inclusive, uma pigmentação fisiológica da gravidez, isto é, aquela nos mamilos e abdômen (linha nigra). No entanto, é muito comum ocorrer hipercromias também na face na forma de melasma, isso pode acontecer durante a gravidez ou, em quem já tinha esse problema anteriormente, pode piorar. Pacientes que já tem melasma ou tem histórico familiar devem ter atenção redobrada ao uso de filtro e horas de exposição solar. 

Em relação a necessidade de sol durante a gestação a recomendação é a mesma para uma pessoa não grávida. Entretanto, a hiperpigmentacao fisiológica dos mamilos e o posterior espessamento deles já são suficientes para proteger os seios.[Intervenção Thais, haha: a minha ginecologista diz a mesma coisa, que não precisa tomar sol no mamilo para preparar o peito para amamentação. O que faz a amementação doer/machucar o seio ou ser tranquila e bem sucedida é ensinar pro bebê a pega correta no mamilo. Mas se você vai ficar insegura de não tomar o tal do sol, tome! Mas usa filtro solar, peloamor!!!].

Idealmente, já que não é possível usar clareadores na gravidez, a paciente deve usar antioxidantes tópicos e filtro solar FPS 50, pelo menos.

Sugestão de alguns antioxidantes : CE FERRULIC , SERUM 10, PURE C.

2 – Quais são as substâncias que não devem ser usadas durante a gravidez? Existe uma listinha para que a gente consiga olhar um determinado produto e saber se podemos ou não usá-lo?

As substâncias proibidas durante a gravidez são: Ácido retinóico e os seus derivados (Retinol, Adaptaleno, Tretinoína, Retinaldeído), Ácido Glicólico, Cremes a base de Uréia e Ácido Salicílico. Antibióticos tópicos é melhor evitar, se necessário é melhor usar Eritromicina.

3 – Há alguma contra indicação em hidratantes e creme para a região dos olhos? E filtro solar? Vale qualquer um?

Os cremes para a região dos olhos podem ser usados, é bom  ficar atenta apenas às substancias listadas acima. Filtro solar sempre acima de FPS 50 e, quando for a praia, de preferência usar filtros físicos e chapéu. [No final eu fiz uma lista de filtros solares considerados físicos e expliquei o que é!].

4 – Sobre as temidas estrias: é possível evitá-las com cremes ou quem tiver tendência a desenvolver os risquinhos não terá como evitar?

Em relação ao desenvolvimento de estrias isso vai depender mesmo da tendência de cada paciente, do ganho de peso e também da hidratação da pele. Uma coisa é certa: quanto mais hidratada a pele menor o risco. É importante observar apenas que óleos muito gordurosos devem ser evitados porque aumentam as chances de acne, brotoeja e foliculite . Dê preferência a cremes em relação a loções .
Sugestões : Cetaphil, Hydrammamy, Hydraporin, PH 5.

5- Depois da gravidez é possível tratar as estrias ou elas ficarão para sempre?

Sim, é possível tratar as estrias depois da gravidez, quanto antes melhor!  Enquanto as estrias ainda estiverem avermelhadas a resposta é melhor, inclusive é possível começar o tratamento durante a amamentação, contanto que elas não sejam nos seios.

7 – Todo mundo sabe que após a gravidez, com a queda de hormônios, os cabelos caem bastante. Tem alguma coisa que se possa fazer para evitar essa queda

Não é  possívvel evitar a queda de cabelo, mas é possível, sim, tratar. Se não houver nenhuma objeção do pediatra, geralmente indico  biotina e outras vitaminas logo após o parto.

8 – Quais são os tratamentos indicados logo após o parto? São seguros durante a amamentação?

Após o parto é possível fazer tudo que não interfira na amamentação: tratamentos tópicos, pellings e etc. Botox e preenchimento são permitidos desde que a paciente fique sem amamentar nas 4 horas subsequentes ao procedimento (a gente indica que a paciente tire leite com a bombinha antes do procedimento.).

9 – E, por último, a pergunta mais polêmica: pode ou não pode pintar o cabelo durante a gravidez? E na amamentação?

Tinta, de fato, não pode.  Tonalizantes e hennas são permitidos a partir do segundo trimestre mas é sempre e necessário consultar o obstetra, já que as opiniões variam muito.

Uuuuufa! Tudo respondido, galera? Nenhuma dúvida? Pra mim foi super útil porque eu realmente tinha dúvidas demais (principalmente no início) e cada um fala uma coisa, é uma loucura!

Deixo aqui meu mega, super, ultra obrigada a Dra. Camila Vasconcelos. Quem mora no Rio eu super indico! Dá uma olhada no site dela pra ver o telefone e marcar uma consulta! :))

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.