Tuesday Top Five: Cinema e Perfumes

[ O TTF de hoje é do Pivo, lembram dele? Pois é. Ele elegeu os melhores ‘filmes’ de perfumes e conta o porquê de cada um. Post tá hilário! Amo! <3 ]

Um dos deleites pra quem ama cinema e luxo em iguais proporções se materializa quando grandes marcas abrem seus cofres pra famosos diretores de cinema criarem os anúncios de seus perfumes. Hoje é um desses dias (o/o/o/), com David Fincher reeditando a parceria com Rooney Mara para o Downtown da Calvin Klein e tentando provar que toda garota é só uma garota, ainda que seja A it-girl entre as it-girls.

http://www.youtube.com/watch?v=_0JMFIVzo9c

Pra celebrar o momento, vou roubar outro puxadinho aqui no Mingau, fazer um Tuesday Top Five só meu e relembrar outros cinco momentos que já levaram cinéfilos e fashionistas a faniquitos em uníssono.

5. David Lynch para Gucci by Gucci
http://www.youtube.com/watch?v=DOGNyV9ngMk

Isabella Rossellini, Laura Dern e Naomi Watts no lugar das três manecas (sorry, Raquel Zimmermann) fariam o produto ficar mais com a cara do pai, mas o surrealismo lynchiano está todo ali, com a ideia de trânsito entre sonho e realidade sendo trazido pelo poder da fragrância. Mensagem subliminar: algumas gotinhas e você já pode se sentir linda e poderosa de vestido dourado ao som de Heart of Glass. Well done, maestro.

4. Nicholas Winding Refn para Gucci Première

http://www.youtube.com/watch?v=kdRTdHYx_2o

Falando em Gucci, falando em vestido dourado, falando em Los Angeles como cenário, Nicholas Winding Refn praticamente atualizou, cinco anos depois, o conceito de Lynch para a marca, conseguindo a proeza de fazer Blake Lively parecer diva (nunca gostei de Gossip Girl, me deixa!). A ideia de releitura parece bem clara colocando os dois comerciais lado a lado, inclusive no quesito trilha sonora mara (coisa que Refn já tinha mostrado dominar em Drive).

3. Sofia Coppola para Miss Dior

http://www.youtube.com/watch?v=-xC3cMxs-WQ

Óculos escuros no banho de piscina, tédio matinal em jardim florido e o bofe moderninho te levando pra passear num conversível mais moderninho ainda. Sofia Coppola, isso só podia ter vindo de você, sua linda. Fora que a parceria com a musa Natalie Portman realizou os sonhos de quinze gerações cinéfilas, ainda que por míseros 60 segundos.

2. Baz Luhrmann para Chanel n° 5

Mago do barroco no cinema de hoje, Luhrmann convocou Nicole Kidman para atualizar o marketing do mais clássico dos perfumes, tomando emprestados muitos elementos de Moulin Rouge, sua obra maior. Na historinha, uma diva que se fartou do divismo embarca numa paixão fulminante por um zé ninguém (Rodrigo Santoro!!!!) num terraço de Nova York que abriga um luminoso com as eternas iniciais da marca. Tudo vai bem até o dia em que se farta também dele e volta a sua vida nada normal. Mas a ligação entre os dois – firmada em Chanel n° 5 – jamais será esquecida. Tosco de tão brega, mas eu chorei na primeira vez em que vi (#sodeuspodemejulgar).

1. John Cameron Mitchell para Lady Dior

Se a tendência é abandonar os comerciais de atmosfera pra construir algo mais narrativo, a Dior enfiou o pé na jaca e nos deliciou com um verdadeiro curta-metragem de 8 minutos protagonizado pela estrela-mor do cinema atual: Marion Cotillard. A favorita de doze entre dez cineastas contemporâneos se traveste de vedete contemporânea numa jornada-performance que remete ao burlesco e às artes plásticas (nenhuma surpresa em se tratando de Mitchell na direção) e que tem como coadjuvante de puro luxo ninguém menos que Sir Ian McKellen.
[Volta todo dia, Pivo? Luxo e Glamour!]

0 comentário em “Tuesday Top Five: Cinema e Perfumes”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.