Tuesday Top Five: Inhotim Com Bebê

No tuesday top five de hoje, vou falar sobre Inhotim. Acabei de voltar de lá (fui logo depois do Natal pela segunda vez) e pensei em 5 coisas legais que eu poderia dividir com vocês.

Pra começar, quem nunca ouviu falar de Inhotim (se é que existe alguém..), eu adianto que lá é o lugar mais legal do mundo. Além disso, o Instituto Inhotim é a sede de um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do Brasil e considerado o maior centro de arte ao ar livre da América Latina, segundo a Wikipédia. O lugar é gigante, tem muuuitas obras de arte e fica há 1 hora de BH. No site, eles explicam como chegar (dá pra ir de ônibus, de carro, planejar excursão…).

Introdução feita, vamos às dicas!

1- Tempo, tempo, tempo

O lugar é gigante, se você quer conhecer tudinho, a dica é simples: se organize para ficar em Brumadinho e visitar o instituto mais de um dia. Em um dia só não dá pra ver tudo e, se der, vai ser no esquema correria que nunca é legal, né? Também indico chegar super cedo pra evitar fila e comprar a entrada – com carrinho! – pela internet. Tem ingresso sem carrinho, só a pé, e é mais barato… mas em algumas obras só é possível chegar com carrinho. Com criança (meu caso) é impossível ver todas as obras mesmo que você fique uma semana indo todos os dias (hahaha exagero, mas é tipo isso) e o legal é mesmo relaxar e priorizar o que você quer conhecer. PS: com criança é IMPOSSÍVEL ficar sem o carrinho.

inhotim 2Sonic Pavilion – nessa obra só chega com o carrinho 🙂
inhotim 6e minhas tias fazendo graça no carrinho – não me matem, tias! 😛

2- Roupa

Não invente moda, Inhotim é lugar pra ir super confortável, de tênis (ou algum sapato ninja que te deixe feliz em andar por muuuitas horas). Se você tiver um tênis fácil de tirar e colocar é bom também, porque tem um monte de lugar que só entra descalço. Eu fui de short, regata e tênis, fui feliz, haha. Vale levar biquini/roupa de banho porque uma das obras é uma piscina e rola nadar. 🙂 Eu levei tudo que eu precisava em uma bolsa, mas eu usaria uma mochila se pudesse voltar no tempo, hehe. Aí rola carregar uma garrafa de água, uma canga pra sentar no chão…

inhotim 5looka do dia também no Inhotim, hahainhotim 8meninos na piscina. eu levei biquini, mas preguicei de entrar, hehe

3- Filtro solar, câmera e repelente

Calor, sol e muuuuita natureza: essa é auto explicativa, né? E câmera porque o lugar é lindo e rende fotos maravilhosas. Nossa câmera descarregou bem no início, e meu celular acabou a bateria logo, logo. Fuén.

inhotim 7

4- Reserve o restaurante para almoço

Lá dentro tem vários lugares para comer, a gente foi comer no restaurante buffet, mesmo (que é sensacional!!!!) porque estávamos com muitas pessoas, cada com um com sua demanda e com Miguelito. Como o parque fique super lotado, vale reservar mesa no restaurante pra não ficar mofando na fila.

(não temos foto comendo, hahaha).

5- Pesquise, leia e entenda

Acho que vale dar uma ‘estudada’ nos artistas antes de ir visitar o Inhotim. Tá certo que essa dica é polêmica, mas eu acho que a gente sempre aproveita melhor quando sabe alguma coisa do que está vendo. Mas é dica polêmica porque vai ter muita gente que vai ser mais feliz se tiver um olhar 100% livre sobre as obras… Pra quem é neurótica tipo eu, o site do Instituto já ajuda bastante.

inhotim 1

PS: quem vai com bebê tem que levar o carrinho pra ele tirar umas sonecas ou pra andar quando cansar. a gente levou e foi fundamental. e, mesmo assim, terminamos o dia mortos porque, além do cansaço natural, Miguel ainda pediu muuuito colo. 😀

inhotim 9

22 comentários em “Tuesday Top Five: Inhotim Com Bebê”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.